Archive for setembro 24th, 2010

10º dia – Dresden (Alemanha)

sexta-feira, setembro 24th, 2010

Adoreeeeeei Dresden! A cidade é linda, mesmo que ainda esteja em obras – está sendo reconstruída desde o bombardeio que a devastou na Segunda Guerra Mundial. Muitos prédios estão em construção ou reforma, mas a cidade é tão linda e as pessoas são tão gentis e sorridentes que não há como não se apaixonar por esse pedacinho alemão.

Começamos o dia na área do Schloss (castelo) e passamos em frente à Semperoper (Ópera) na Theaterplatz. Essa praça, aliás, foi a grande surpresa da cidade para nós. É lindíssima, nem dá para explicar. Em cada lugar que olhávamos, havia algo bonito. A coroa gigante, os prédios, as cascatas, os jardins, tudo é lindo.

Semperoper (Ópera) em Dresden.

Na Theaterplatz.

Ainda na maravilhosa Theaterplatz.

Em cada canto, tudo era lindo!

Em seguida, vimos o Fürstenzug, um mural de porcelana, com 102 metros de comprimento e que foi feito com 24 mil azulejos. Lindo! Passamos por vários museus e pela primeira vez não entramos em todos (como gostamos), porque as paisagens já eram muito convidativas. Vimos o Verkehrsmuseum e os complexos de museus Albertinum e Zwinger.

Mais na mesma praça, ainda não acabou :-)

Fürstenzug, o mural de porcelana!

Seguimos para o Brühlsche Terrasse, na Georg-Treu-Platz. É um terraço enorme que foi construído sobre uma fortificação que protegia a cidade no século 16. Em cima, é muito bonito. Embaixo, pode-se visitar os abrigos subterrâneos e aí sim que é bacana. O museu é barato, oferece guia de áudio e é surpreendente.

Por último, fomos na mais importante atração da cidade, a Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora). Foi totalmente destruída no bombardeio e reconstruída em 2005. Subimos na torre da igreja e a vista da cidade lá de cima é a mais linda que se pode ter! Encantador. Infelizmente ela estava fechada e não pudemos entrar, apenas vimos o domo.

Vista de Dresden pela torre da Frauenkirche.

Seguimos para a Altmarkt, onde acontece (parece que só até amanhã) a Herbstmarkt. Gente, é incrível, eu amo essas feiras ao ar livre. Posso conversar com os moradores, experimentar as comidas, é muito bom. O mais engraçado é que não falo nada de alemão (só Bom Dia e Obrigada) e mesmo assim VÁRIAS pessoas conversam comigo em alemão (na maior certeza de que eu sei o que eles estão falando), é muito engraçado. No começo eu fazia cara de “não entendo”, depois passei a sorrir (sempre dá certo), hehehe.

A Frauenkirche.

Na feirinha, almojantamos – única refeição. Comemos lanche de Räucherlaschbrötchen (salmão defumado) e de Räucherfischbrötchen (um outro peixe cujo nome não sei, mas é delicioso). Ontem havíamos comido de Krebsfleischersatzbrötchen (um peixe rosado, parece camarão), todos deliciosos. Depois comemos um pratinho de cogumelos frescos e dourados com alho (ahhhhh muito bom!). provamos a cerveja de Dresden, a Radeberger, muito boa, mas a austríaca e a tcheca eram melhores, menos amargas (argh). De sobremesa, Quarkkrapfen mit eierlikör, que parece com nosso sonho, mas é torradinho, delicioso! E para finalizar, experimentei uma bebida típica da ex Alemanha oriental, um tipo de groselha com gás, muito bom e diferente. Ainda trouxemos para comer no hostel um pão chamado Schwarzbierstange, em que é utilizada cerveja em vez de água no preparo (imaginem!) e um queijo Holunderkäse.

Fomos tão bem tratados aqui! As pessoas são gentis e atenciosas e gostamos muito da cidade. Amanhã partimos, mas já estou tentando dar um jeito de passar pela feira antes de ir embora (risos).

Mais um dia sem fotos porque o lixão de internet aqui não permite (e por isso não coloquei nem no Facebook, em nenhum lugar, não consigo fazer upload para nenhum site). Assim que chegar amanhã no próximo albergue, eu posto todas as fotos dos dias anteriores (e são MUITAS, acreditem, porque amei Dresden). Amanhã tem muito mais, então :-)

Alegrias,

Fernanda.